Ir para o conteúdo
    • Repositório Clínico Digital
  • Repositório Clínico Digital

    Sessão de Apresentação do Projeto de Repositório Clínico Digital do CHUSJ, dia 7 de junho.

    Decorre na próxima segunda-feira, dia 7 de junho, a Sessão de Apresentação do projeto de Repositório Clínico Digital do CHUSJ, organizada pela Secretaria-Geral do Ministério da Saúde (SGMS) e o Centro Hospitalar Universitário de São João, EPE, (CHUSJ).

    O evento terá lugar através da Plataforma Digital Teams, entre as 14h30m e as 15h30m.

    A SGMS, enquanto Instituição responsável pela coordenação do Sistema de Arquivos e Bibliotecas, promove uma gestão da informação que contribui para a qualidade dos dados de saúde, o rigor no acesso, bem como a preservação da Memória Institucional.

    Em consonância com as suas atribuições e competências, apoia projetos transversais que promovem a investigação e o conhecimento em Saúde, simplificação, racionalização e reengenharia de processos, visando a normalização de procedimentos e a excelência no atendimento ao cidadão.

    O projeto de Repositório Clínico Digital, criado e desenvolvido pelo CHUSJ, possui fortes mais-valias, pelo que é de toda a importância disseminar esta boa-prática, tendo em vista, igualmente, o potencial de replicação nos Serviços e Organismos do Ministério da Saúde (MS), nomeadamente:

    1. Disponibilidade da informação aos clínicos, de forma integrada, com as ferramentas de processo clínico eletrónico do MS (24h/7) (melhoria contínua);
    2. Esforço da desmaterialização como investimento no futuro digital dos utentes pediátricos;
    3. Segurança da Informação, promovendo a normalização e racionalização de circuitos de organização clínico-administrativa e a monitorização contínua (acessos, processos de trabalho e tratamentos de dados);
    4. Preservação digital e apoio ao desenho de Planos de Risco e Salvaguarda da Informação Clínica;
    5. Valorização da função dos serviços de informação no desempenho organizacional e atividade clínica (abordagem multidisciplinar).

    Posteriormente, terão lugar workshops de capacitação dos interlocutores técnicos a designar pelos Serviços e Organismos do MS, com a disponibilização de materiais técnicos que se revelam fundamentais para que outras Instituições possam habilitar-se ao desenvolvimento de projetos desta natureza.

    Para saber mais:

    Programa