Campanha de Sustentabilidade
SGMS envolvida em campanha de sustentabilidade que visa atuar na vertente comportamental associada ao desperdício de recursos.

 

Campanha de Sustentabilidade do Ministério da Saúde para 2017/2018

 

«Pare. Pense. Mude. Pequenos gestos, grandes mudanças» é o lema da Campanha de Sustentabilidade do Ministério da Saúde para 2017/2018.

A Secretaria-Geral do Ministério da Saúde (SGMS) desenvolveu, para a Campanha de Sustentabilidade Ministério da Saúde 2017/2018, templates de informação/consciencialização sob a forma de cartazes, que pretendem sensibilizar todos os utilizadores do edifício para a adoção de comportamentos mais sustentáveis, nomeadamente a necessidade de reduzir os consumos energéticos e hídricos e a produção de resíduos, assim como promover medidas que minimizem os impactes negativos para o meio ambiente.

 

Regressar ao topo

Os pequenos gestos

São os pequenos gestos que fazem a diferença.

O futuro de todos depende das nossas atitudes e comportamentos.

A participação é essencial na construção de um futuro sustentável.

Regressar ao topo


O papel do PEBC & Eco.AP

A redução dos consumos de água e energia e da produção de resíduos são objetivos específicos do Plano Estratégico do Baixo Carbono (PEBC) e do Programa de Eficiência Energética na Administração Pública (Eco.AP), para os quais foram estabelecidas metas, no âmbito do Ministério da Saúde, através de despachos anuais, incluindo o mais recente, o Despacho n.º 5571/2018.

   *a definir no despacho anual de 2018

A campanha de sustentabilidade do Ministério da Saúde visa atuar na vertente comportamental associada ao desperdício de recursos.

Regressar ao topo

Para saber mais, consulte:

Despacho n.º 5571/2018 - Diário da República n.º 107/2018, Série II de 2018-06-05
Saúde - Gabinete da Secretária de Estado da Saúde
Estabelece disposições sobre a implementação do Plano Estratégico do Baixo Carbono (PEBC) e do Programa de Eficiência Energética na Administração Pública (Eco.AP) nas entidades públicas do sector da saúde

24-09-2018 15:54:36